4 dicas para o sucesso da sua manutenção industrial

18 Out 2019

Uma das formas de assegurar o bom funcionamento, a segurança e o desempenho da sua fábrica é através de uma manutenção industrial rigorosa e adaptada aos tempos de mudança.

Partilhamos quatro dicas que consideramos serem indispensáveis para uma manutenção eficaz:

Estas sugestões resultam em seis benefícios:

Importa salientar que existem vários tipos de manutenção industrial e é viável a realização de mais do que um, pois o tipo de manutenção a ser realizado depende do tamanho e importância da máquina ou equipamento, e a sua influência no processo de produção dos produtos. São elas:

- Manutenção corretiva: é aplicada após ser reportado um problema na linha de produção. Tem como objetivo corrigir a falha na máquina para que volte a funcionar corretamente. Pode ser planeada ou não planeada com base na existência de um plano prévio de manutenção. Uma manutenção corretiva não planeada é necessária quando um problema não consegue ser antecipado pela manutenção preventiva;

- Manutenção preventiva: é usada para identificar e prevenir paragens ou falhas de equipamento; requer uma abordagem estratégica para implementar uma manutenção eficaz. Existem dois tipos:

1) Manutenção preventiva condicional: Não há uma data exata para se realizar; é a partir de quando a última manutenção foi efetuada e é determinada como necessária com base em indicadores como o desempenho das máquinas, falhas futuras, etc;
2) Manutenção preventiva imperativa: pressupõe a obrigação de haver uma manutenção numa data fixa. Envolve check-ups regulares e um plano para prevenir falhas de sistema.

No entanto, com a manutenção preventiva, a empresa corre o risco de agendar demasiadas tarefas de manutenção, uma vez que essas tarefas são agendadas com base no tempo e não nas condições reais.

- Manutenção preditiva: É o tipo de manutenção mais desejado e o que é usada para resolver o problema da manutenção preventiva acima mencionado. Monitoriza e analisa constantemente o desempenho das máquinas durante o processo produtivo. O objetivo de implementar esta manutenção é reduzir a probabilidade de falhas, antecipando-as. Com base nos dados recolhidos, é possível saber se algum reparo deve ser executado para evitar que ocorra um problema.

Para esse efeito, é determinante que escolha um bom software que faça a recolha da informação relevante dos equipamentos e analise essa informação. RAILES, a nossa plataforma de análise e controlo da produção oferece, em tempo real, relatórios e gráficos de Gantt interativos e, de forma intuitiva, é possível entender facilmente esses dados recolhidos a partir do sensor inteligente RAILES Connector. Assim, consegue-se assegurar que a máquina só será parada para manutenção quando for necessário, tornando o sistema mais produtivo.

Últimas Notícias